quarta-feira, 16 de setembro de 2009

carta de reposta a um abaixo assinado contra o ensino da religiao em escolas publicas

Se pensarmos que as escolas tem sido o centro da formação dos seres humanos nos últimos anos, não podemos deixar de lado uma das principais formações que este necessita (sim, o ser humano precisa da religião, seja por defesa, por medo, ou para poder sublimar as pulsões e fazer o bem). Vemos por aí uma grande demagogia entre a população brasileira que diz saber das coisas, porém não estudam e não sabem da missa o terço (realmente na missa não tem terço, então já começa por aí a confusão). A espiritualidade desenvolvida de forma sadia tem auxiliado as pessoas a conviverem melhor consigo mesmas e com os outros, basta ver os recentes artigos publicados em periódicos importantes tais como os que são publicados na revista Psique, ABRAPSO, periódicos em medicina, dentre muitos outros. Há um livro de um Respeitado DR. Adriano Hollanda sobre as religiões e a psicologia que acho que todos deverimos ler para compreender um pouco mais sobre o motivo de eu estar abertamente defendendo esta idéia. (Leia depois critique).

As pessoas "estudam" um tald e Carl Marx e o divinizam sobre sua proposta de socialismo, mas a proposta apresentada por ele esta fundamentada em um homem pouco conhecido pelos estudantes de Marx chamado Tomás de Aquino (sim, o santo).
Peço licensa para dizer sim a religião nas escolas, e peço também licença para dizer sim ao estado Laico. O acordo entre vaticano e governo brasileiro não pretende de maneira alguma colocar ou outorgar uma fé sobre as outras, pelo contrario com o impacto do conhecimento de diversas expressões culturais e religiosas, quem sabe assim as pessoas irão parar de dizer que é o demonio quem baixa no terrero, como já ouvi na universidade estadual de londrina no meu primeiro ano de curso em um diálogo com uma professora que não vem ao caso citar. (não vou citar por questões jurídicas pois se eu disser seu nome tenho que provar e a unica prova que tenho é o estranhamento que tive em ouvir aquilo).
Bom, Laicicidade não significa ignorancia, pelo contrario significa conhecimento de causa e repassar aos cidadaos brasileiros o sentido que cada cultura tem para seu rito. Este acordo é visto como promissor para fortalecer e "reeducar" o povo brasileiro.
Se formos exluir a religiao, excluamos também a cultura que é vista por FREUD como forma de sublimação também. Proponho ir além, excluamos a política, que nos prende a ideais e aconchavos em nome da manutenção do poder. Ao fim de tudo, teremos uma sociadade enfim laica. Porém corre-se o risco de com tudo isso sermos aquilo que eram os primeiros discipulos como narra em atos dos apostolos "ninguém tinha propriedades pois tudo era de todos e conviviam de bem mutuamente".
Fica aqui a dica, se for para ensinar religião, ensinemos tambám as artes de forma correta. Cansei de fazer trabalhos em Ed. Artística onde meu "dom" por assim dizer era o de escrever e eu tinha que pintar coisas que não só não conseguia como também não queria faze-lo. Ensinemos musica, ensinemos pintura, ensinemos escrita, ensinemos cultura.

Marco Leite

0 Clique aqui para comentários: :

Postar um comentário

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Grants For Single Moms