sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Real é agora....

Bom dia a todos...

Continuando... e tentando encerrar para irmos a outros tópicos...

O que podemos chamar de real, é o momento presente. No presente temos um presente, podemos fazer tudo agora, e somente agora. O agora, é onde tudo se faz ou se deixa de fazer.

Não pensemos em futuro, pensemos no futuro mas fazendo agora, fazendo hoje tuo o que está ao nosso alcance para termos um bom futuro.

O tempo é precioso, e só podemos agir, atuar, no hoje, não no ontem que já passou muito menos no amanha que ainda não existe.

Quantas pessoas fazem planos e mais planos, e não acordam. Ou quantas delas estão indo amanha para fechar um bom negócio e um acidente ceifa suas vidas. Quantas vezes ficamos doente e tudo que havíamos planejado é bruscamente interrompido.

Quem irá sobreviver são as pessoas com maior capacidade de resiliencia, maior elasticidade emocional. Antes do meu irmão falecer eu sempre sonhava, vendo filmes hollywoodianos, em que iria me vingar se algo acontecesse a ele, ou o contrario, que eu seria vingado. Quando aconteceu o tragico acidente, fiquei de mãos abanando. Não podia fazer nada, apenas aceitar. Aceitar que um jovem de 23 havia falecido. Qaunto a isso nada mais podia ser feito, apenas rezar.

Fazemos muitos planos, mas muitas vezes, os planos não passam de sonhos e sabemos disso, temos a certeza de que são apenas fantasias, idéias e as vezes falamos "se der certo" ou "tomara que seja assim". Não venho aqui escrever um "abaixo assinado" aos nossos planos, mas sim uma tentativa de ajudar a converter estes sonhos em realidades.

Quer por exemplo sohar que entrou em uma boa faculdade? Estude bastante, faça dos seus estudos seu desejo máximo. Quer sonhar que terá um bom emprego? Estude também, procure se formar bem, procure ótimos relacionamentos, não fique imaginando coisas, como será ou deixa de ser, deixe que seus atos te levem ao seu sonho.

Tudo aquilo que plantamos acabamos por colher, ao menos naturalmente deveria ser assim, as vezes não somos nós quem colhemos mas sempre dara um fruto, em nós ou nos outros, a seu tempo.

Ficar fantasiando o passado é muitas vezes impedir que um relacionamento cresça e se torne diferente. É muitas vezes impedir que você conheça uma pessoa ou outra coisa por um pré conceito as vezes infantil, por medo, por indiferença...

Ficar fantasiando o futuro é ainda mais perigoso ainda, por ficar imaginando como será ou como nós desejaríamos que fosse, perde-se muitas oportunidades no decorrer do dia. Muitas frustrações ocorrem por causa disso.

Na aula de Carl Young no ano passado, o professor passou um filme muito interessante, não me recordo o nome do filme agora, depois se quiserem mais informações eu coloco o nome nos comentarios, mas em uma parte do filme o Sr que assistia o atleta disse que queria lhe mostrar algo, mas que estava em dificil acesso pela montanha. O jovem se animou, era um "segredo" e desejava tanto ver o que era que ficava toda hora perguntando. Ao passar por todo o lindo caminho, e chegar no topo da montanha o Sr disse a ele apontando uma pedra sem graça e meio escondida pela grama, pronto esta é a pedra, e o jovem disse, mas é só uma pedra?

Sim meus amigos, é só uma pedra, o Sr estava tentando mostrando ao jovem atleta que o que valia não era a medalha de ouro, mas a jornada até lá, afinal a medalha é apenas uma pedra.

Precisamos ver que se queremos algo, devemos aproveitar o dia a dia durante nosso caminho, não apenas nos prender a imagem, ao fantasma do objeto desejado e rezar para que tudo passe o mais rápido possível.

O caminho que escolhemos hoje refletirá talvez não neste ano, talvez nem no ano que vem, talvez não de certo para nós, mas e as pessoas que encontramos pelo caminho? Talvez para elas o maior tesouro foi te encontrar. Se abrirmos nossa mente e compreendermos que vale a pena sim conquistar o ouro, vale a pena sim vencer, mas que também vale a pena caminhar, poderemos ver se realmente seremos felizes ao fim da caminhada.

Na caminhada já temos uma idéia do que iremos encontrar na frente, ao realizarmos nossos sonhos. Será pedra ou será ouro? Isso quem deve descobrir é você, sou eu, a cada passo que dermos, se este passo nos traz pax, se nos intristesce, se nos faz crescer, se dói em nós, não importa tanto assim, afinal, há espinhos por entre o caminho, o que importa é poder olhar para traz não ao final da caminhada, mas ao fim de cada dia e dizer:

VALEU A PENA.

0 Clique aqui para comentários: :

Postar um comentário

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Grants For Single Moms